S. João da Madeira: Oliva Creative Factory vai ser “para o ócio e para o negócio”

Jornalista: 
Henrique Bastos
Edição de: 
Autor da Imagem: 
Henrique Bastos

Apresentada como “um sítio para trabalhar e passear”, “para o esforço e para a contemplação” e “para o ócio e para o negócio”, o projecto Oliva Creative Factory foi oficialmente lançado ontem, assumindo desde logo como “core business” “Transformar a criatividade e o talento das pessoas em negócios”.
A afirmação é de Susana Meneses, directora executiva da “nova” Oliva, vocacionada para “a instalação de actividades de natureza económica que têm como matéria-prima a imaginação e a criatividade individual, associadas à habilidade e talento, e que produzem riqueza e postos de trabalho através da produção e exploração de novos conteúdos”.
A responsável falava durante a sessão que enquadrou a apresentação do projecto, para a qual estava agendada a deslocação do secretário de Estado do Empreendedorismo, mas que acabou por estar ausente devido a compromissos oficiais.
“A Oliva Creative Factory vem propor à cidade a criação de um espaço de temperamento criativo, que renovará ainda sectores económicos tradicionais”, completou.

Ler notícia completa na edição em papel