Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

CIM “indignada” com supressão de horários pela CP


quinta, 04 junho 2020

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões emitiu ontem um comunicado, em que manifesta "a mais profunda das indignações" pelo facto de a CP – Comboios de Portugal, E.P.E., ter suprimido três horários no comboio intercidades.
“Foi com a mais profunda das indignações que a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões tomou conhecimento que, a coberto da situação vivida pelo país, por força do surto pandémico covid-19, a CP – Comboios de Portugal, E.P.E., desferiu mais um ataque ao interior e às suas gentes, ao suprimir 3 horários no comboio intercidades, desde o passado dia 1 de Junho, sem que antes tenha estabelecido qualquer tipo de diálogo com a CIM Viseu Dão Lafões, nem com os municípios seus associados”, referiu a entidade em comunicado.
De forma unânime, o Conselho Intermunicipal da CIM manifestou, no documento, “o seu repúdio por tal decisão, exigindo a reposição, imediata, dos horários suprimidos, mantendo em funcionamento a operação até aqui desenvolvida. Não pode, uma empresa que até é paga com os impostos de todos os portugueses, tomar decisões, que contribuem para o isolamento das nossas populações e que colocam em causa a coesão social dos territórios”.
A CIM questiona ainda, no comunicado, o presidente da CP, perguntando “se o tão propalado reforço da oferta de longo curso apenas se destina ao portugueses e às portuguesas do litoral e das grandes áreas metropolitanas”.
A concluir, a CIM refere que não pode deixar de afirmar que “esta é mais uma decisão que isola o interior, fragiliza os nossos territórios e amplifica as assimetrias regionais”.

Ministra assegura que a
situação é temporária
A ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, quando confrontada ontem de manhã, em Viseu, pelos jornalistas, sobre a questão, referiu que “esta será uma situação temporária devido à pandemia” e que estará “atenta para que os horários voltem a ser feitos” pela CP.
A ministra participou ontem, na cidade de Viseu, na apresentação oficial da Plataforma de Comércio Local Viseu Compr’Aqui, na Câmara Municipal de Viseu, e na cerimónia de inauguração da obra realizada na Rua João Mendes, na zona histórica da cidade. Efectuou ainda uma visita às instalações do futuro Centro de Incubação Tecnológica de Viseu, o Vissaium XXI.