Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Deputados questionam Governo sobre deslocalização de helicóptero


quarta, 03 junho 2020

A anunciada deslocalização do helicóptero do INEM, temporariamente estacionado em Viseu, para Loures levou os deputados do PSD eleitos por Viseu a questionar o Governo sobre o assunto.
Em comunicado enviado à comunicação social, Pedro Alves, Fernando Ruas, Carla Antunes Borges e António Lima Costa lembram que a aeronave estava em Viseu porque as entidades competentes entendiam “que o heliporto da base de Santa Comba Dão não tinha reunidas as condições técnicas para garantir a segurança nos processos de aproximação e descolagem dos helicópteros do INEM, ao contrário dos da protecção civil que ainda continuam a operar a partir de Santa Comba Dão”.
Recordam ainda que a aeronave passou a operar a partir do aeródromo de Viseu, “com os custos suportados pela autarquia Viseu, nomeadamente, através da cedência de instalações para pilotos e profissionais de saúde”.
“Quando o normal seria o regresso à base de Santa Comba Dão, o Governo, envergonhada e unilateralmente, decide deslocar o helicóptero do INEM para Loures, fundamentando a decisão nos constrangimentos causados a uma entidade privada que ocupava um hangar no Aeródromo de Viseu”, criticam os deputados, considerando que, “não sendo novidade as desculpas do Governo para justificar a negligência ou as más opções políticas em matéria de saúde nesta região, não podemos deixar de considerar incompreensível e até uma afronta esta decisão”.
Para Pedro Alves, Fernando Ruas, Carla Antunes Borges e António Lima Costa “trata-se de uma decisão que pode colocar em risco vidas humanas”.
Por isso, pretendem saber da ministra da Saúde se teve conhecimento da decisão do Conselho Directivo do INEM, em deslocar para Loures o helicóptero de apoio à região Centro, sediado em Viseu, se tem consciência que a decisão põe em risco vidas humanas, qual o valor estimado pelo Governo para reforçar os encargos da deslocalização, se já houve uma reunião para corrigir os constrangimentos no heliporto de Santa Comba Dão, quais as suas conclusões e qual o caderno de encargos e os prazos da obra a realizar.
Os deputados querem também saber se o helicóptero do INEM voltará a operar a partir do heliporto de Santa Comba Dão e para quando está prevista reiniciar a actividade.
Recordam ainda que está em curso a instalação do comando regional de protecção civil no aeródromo de Viseu, bem como o Comando Nacional de Operações de Socorro alternativo, pelo que pretendem saber se o INEM irá acompanhar a Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil nessa “decisão estratégica e operacional”. |