Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Aumento substancial do número de infectados


terça, 05 maio 2020

Na conferência de imprensa diária de domingo, a ministra da Saúde pedia cautela na leitura dos números que revelavam uma subida inferior do número de infectados, comparativamente com os dias anteriores, justificando uma eventual redução da actividade «decorrente do facto de ser fim-
-de-semana, seguido de um feriado». Talvez por isso, e de acordo com o relatório de situação epidemiológica em Portugal, divulgado ontem pela Direcção-Geral de Saúde (DGS), os casos confirmados aumentaram ontem de forma mais acentuada, num total de 25.524, mais 242 que no dia anterior, um aumento de 1%.
O mesmo se verifica no território da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM - RC), que no domingo registava apenas nove novos casos, e ontem, o boletim dava conta de mais 64 pessoas infectadas pelo novo coronavírus (804). No concelho de Coimbra verificou-se o maior aumento (458, mais 38), seguido do município de Cantanhede com mais 11 casos confirmados (62), Condeixa-a-Nova com mais seis (71), Montemor-o-Velho mais três (18) e Tábua com mais dois (33). Na Lousã (14), Mealhada (18), Miranda do Corvo (16), Mortágua (8), Oliveira do Hospital (11) e Penela (4) surgiu um novo caso em cada um dos concelhos. Figueira da Foz (28), Mira (4), Penacova (18), Soure (21) e Vila Nova de Poiares (4) não registaram qualquer alteração. De realçar que em Arganil (7) e Góis (9) houve a recuperação de uma pessoa em cada concelho.
Num olhar mais alargado, a região das Beiras também cresceu em termos de infectados (3.478, mais 31) mas manteve o número de mortes (209). Já a nível nacional, e de acordo com o relatório da DGS, os óbitos aumentaram (1.063, mais 20, uma subida de 1,9%) e o número de contactos em vigilância pelas Autoridades de Saúde diminuiu (25.081, menos 243). Em rota ascendente mantém-se, há vários dias, o número de pessoas recuperadas (1.712, mais 23). O mesmo documento indica que 813 dos doentes portadores da Covid-19 estão a receber tratamento hospitalar (813, menos 43 do que no domingo) sendo que 143 (menos um) estão em Unidades de Cuidados Intensivos, o que representa uma descida de 0,7%. A aguardar resultado laboratorial aos testes de despistagem para a doença, estavam ontem 2.760 pessoas (menos 931).