Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Coimbra regista (afinal) menos pessoas infectadas


quarta, 01 abril 2020

O subdirector Geral de Saúde, Diogo Cruz, admitiu ontem uma «duplicação dos números» apresentados no relatório de segunda-feira e que foram corrigidos no Relatório de Situação Epidemiológica sobre a doença Covid-19 divulgado ontem pela Direcção Geral de Saúde (DGS). E assim se justificará a diferença entre os números apresentados de um dia para o outro e que assumem alguma expressão no concelho de Coimbra. Há, de acordo com os dados divulgados ontem, um total de 157 casos confirmados de Covid-19 no concelho de Coimbra quando no dia anterior eram 229, portanto, menos 72 casos de coronavírus.

Na caracterização demográfica dos casos confirmados, também o concelho da Figueira da Foz reporta menos situações de Covid-19, três ao todo quando, no relatório anterior, apareceram registados sete casos. Menos doentes registados também em Soure, que tem agora sete casos (menos um) e Miranda do Corvo, com três casos (menos um). 

Nos restantes concelhos do distrito de Coimbra, em Condeixa-a-Nova há registo de 19 casos (mais três), Montemor-o-Velho mantém os 12 casos que já tinham sido dados como confirmados e Cantanhede sobe de oito para 11 casos. Penacova e Góis mantêm os mesmo casos que já tinham reportado à DGS, cinco e três, respectivamente, e a Lousã apresenta mais um, cinco ao todo. Vila Nova de Poiares apresenta, no relatório divulgado ontem, as primeiras confirmações da presença da doença no concelho, com três casos.

Ao dia de ontem, e de acordo com o relatório com dados actualizados às 11h00, havia na região Centro um total de 911 casos confirmados da doença, mais 127 em relação ao boletim anterior da DGS.

A pandemia Covid-19 já provocou em Portugal a morte de 160 pessoas, o que representa um acréscimo de 20 em relação ao dia anterior. Destes, 40 são óbitos registados na região Centro, mais seis. A nível nacional, o relatório de situação deu ontem conta da existência de 7.443 casos confirmados - o que representa mais 1.035 doentes - e destes há 627 pessoas internadas e 188 casos internados nos cuidados intensivos. Há 4.610 pessoas que aguardam por resultado e continua a ser 43 o número de pessoas que já recuperaram do novo coronavírus.

Com a actualização dos números, o concelho de Lisboa passou a ser o que regista mais casos confirmados (505), seguido do Porto (462), ainda que a doença se sinta com maior intensidade no Norte, com um total de 4.452 casos e 83 mortos. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com 1.799 casos confirmados e 35 óbitos.