Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

À descoberta dos estranhos que somos com a boneca Valentina


quarta, 08 maio 2019
Os intervalos são “animadamente” barulhentos nos corredores da Escola Básica de São Bartolomeu. A Raquel, a Alexandra, o Duarte, a Micaela, o Vasco e o Paulo, do grupo de teatro Sala T, da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC), visitas já habituais, não estranham nada. De resto, quando chegam à sala de ensaio, já os cerca de 20 alunos do 4.º ano com quem “contracenam”, seus amigos, estão ordeiramente instalados. «Olá Martim, olá Daniel, olá chão, olá tecto», diz a professora Mariana Nunes, guiando o exercício inicial de “aquecimento”: «Abrir muito a boca, boca de leão! Aaaaahhhh! Agora vamos dizer devagarinho Valentina». «Va-len-ti-na», respondem todos arrastando a voz, depois muito rápido e depois muito alto. Sentados em círculo, porque assim se olham de igual para igual, preparam-se para mais um ensaio da peça que nos conta a história da boneca Valentina mas que, pelo caminho, nos faz questionar e reflectir sobre «quem somos nós, quem é o outro, para onde vamos e para onde queremos ir», diz a professora de teatro da APCC, responsável pelo projecto “As Valentinas”, iniciado em 2016 (ver caixa).
Leia a notícia completa na edição em papel.