Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Cruz Vermelha esclarece que bens armazenados em Pedrógão Grande são para apetrechar casas


foto: MC / Legenda: Autarca Valdemar Alves (à dir.) explicou, no domingo, que a autarquia se limitou a ceder espaços para acolher donativos quarta, 27 fevereiro 2019
A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) afirmou que os bens armazenados num espaço cedido pela Câmara Municipal de Pedrógão Grande destinam-se ao apetrechamento de casas reconstruídas, estando ainda 32 habitações em "processo de conclusão". A nota de esclarecimento da Cruz Vermelha, divulgada ontem, surgiu na sequência de uma reportagem da TVI, segundo a qual bens doados na sequência do grande incêndio de Junho de 2017 estão num espaço da Câmara de Pedrógão Grande e não foram entregues às vítimas desse desastre.A CVP, que integra a Comissão Técnica do Fundo Revita e que é responsável pelo apetrechamento das habitações afetadas, informou que todos os bens doados a este fundo são inventariados por esta entidade. "Por regra, os bens ficam à responsabilidade dos doadores que os entregam directamente nas habitações. Os restantes, destinados às casas que ainda aguardam a conclusão do processo de reconstrução, encontram-se armazenados num espaço cedido pela Câmara Municipal, que é a entidade responsável por proceder à respectiva entrega após indicação" da Cruz Vermelha, lê-se na nota.
Leia a notícia completa na edição em papel.