Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Reabilitação de S. Marcos deve ter uma segunda fase


quinta, 14 fevereiro 2019
A fachada da Igreja do Palácio de S. Marcos, em S. Silvestre, parece “nova” e ontem, com o sol a bater, dava gosto apreciá-la. As fachadas e as coberturas foram recuperadas, as caixilharias reabilitadas e limpas, todo o telhado foi substituído, foi criado um adro com lajes. No interior, uma abóbada em risco de colapso foi parcialmente reconstruída; a limpeza e reabilitação das superfícies escultóricas, em pedra de Ançã, fizeram realçar a beleza do rico retábulo de Nicolau Chanterenne e da Capela dos Reis Magos, com uma belíssima abóbada em pedra e túmulos parietais que completam uma mostra da escultura renascentista de Coimbra. As obras, levadas a cabo entre Janeiro do ano passado e Janeiro deste ano, resultaram de um investimento de cerca de 400 mil euros - 8% do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional - e visaram intervenções na Igreja do Palácio de S. Marcos (originária do século XV) e no claustro adjacente, património classificado como Monumento Nacional e afecto à Universidade de Coimbra desde a década de 70. Ontem foi dia de visita aos espaços requalificados, com os autores do projecto, reitor,  vice-reitores, a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, outros convidados e população local. 
Leia a notícia completa na edição em papel.