Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Antigo quartel vai acolher “indústrias criativas”


segunda, 21 janeiro 2019
Um dos edifícios emblemáticos da zona histórica da cidade, o antigo quartel dos Bombeiros Municipais, que se instalaram no espaço durante mais de um século, está a ser alvo de uma intervenção que deverá dar uma nova dinâmica, não só ao edifício, mas também à zona envolvente. A obra, da responsabilidade da empresa “Engiperfil”, que ultrapassa os 800 mil euros e tem um prazo de execução de 10 meses, já se iniciou e vai conferir ao imóvel, face ao seu «interesse histórico e arquitectónico», uma nova utilização, que «promova não só o seu uso como equipamento colectivo», mas também «a vivência do seu interior e do espaço circundante», pode ler-se na “memória descritiva”.Assim, irá “nascer” no edifício um “Laboratório de indústrias criativas”, com gabinetes de acolhimento de actividades ligadas à imagem, fotografia, artes gráficas, cinema e outras ligadas à produção artística, pretendendo-se criar «um ambiente urbano, dinamizador da criatividade, do networking e da inovação social», refere o documento a que o Diário de Coimbra teve acesso. Mas haverá ainda espaços de exposição, uma biblioteca com material de apoio específico, uma sala de consulta, além de espaço de reuniões, entre outros de uso colectivo. Será ainda criado um arquivo fotográfico e filmográfico, no rés-do-chão, com várias áreas de apoio, incluindo um cais de carga e descarga abrigado. 
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados