Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Novos confrades para defender a gastronomia conimbricense


domingo, 11 novembro 2018
Provaram a arrufada, «o sabor de Coimbra mais afamado», beberam um “gole “de vinho da Bairrada e, por fim, assumiram «o compromisso solene» de tudo fazer para «engrandecer e dignificar, em qualquer momento ou lugar, os sabores da cozinha e doçaria conventual e tradicional de Coimbra». Ontem, na cerimónia do seu VII Capítulo, a Confraria dos Sabores de Coimbra entronizou seis novos confrades efectivos e quatro confrades de honra. O encontro decorreu no Mosteiro de Santa Maria de Celas. Ana Paula Pedrosa, José Bento Lopes, Joaquim Miguel Folhas Pereira, Jorge Manuel Lopes, José Ribeiro Ferreira e Bento Miguel Monteiro são, desde ontem, confrades efectivos da confraria criada há pouco mais de seis anos. Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal, Maria José Azevedo Santos, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, o Fado ao Centro, representado por um dos seus fundadores, João Farinha, e António José Rebocho Christo, director do Museu de Santa Joana, em Aveiro, foram entronizados confrades de honra da Confraria dos Sabores de Coimbra pelo seu grão vizir Fernando Regateiro, médico e actual presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.
Leia a notícia completa na edição em papel.