Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Equipas da região testam-se entre a elite na Volta ao Algarve


Hugo Filipe Santos (texto)/D.R. (foto) quarta, 14 fevereiro 2018

A Volta ao Algarve, corrida internacional de classe 2.HC, o segundo nível mundial, apenas suplantado pelas provas WorldTour, arranca hoje, com um pelotão de 175 ciclistas, e prolonga-se até domingo. Durante estes cinco dias, os corredores das 25 equipas presentes terão pela frente cinco etapas, num total de 773,5 quilómetros. Com 13 equipas do WorldTour presentes a qualidade está, mais uma vez, garantida. Nas estradas do Algarve, por exemplo, vão estar 19 ciclistas do “top 80” mundial, sendo que dois deles estão mesmo no “top 10” - o polaco Michal Kwiatkowski (Team Sky), oitavo da hierarquia, e o belga Philippe Gilbert (Quick-Step Floors), décimo.

Está também inscrito o campeão da Europa de contra-relógio, Victor Campenaerts (Lotto Soudal), assim como 15 campeões nacionais de fundo e de contra-relógio de diferentes países. Das equipas presentes, nove são portuguesas, sendo que três têm sede no distrito - Efapel, Liberty Seguros-Carglass (na foto) e Vito-Feirense-Blackjack. As três não poderiam, portanto, ter um melhor teste ao trabalho que têm desenvolvido nesta fase inicial da época. Obviamente, terão o desejo de dar nas vistas entre a elite do pelotão mundial, embora estejam cientes das dificuldades que lhes esperam. As cinco etapas terão um desenho semelhante ao das edições anteriores, oferecendo oportunidades para sprinters, trepadores e contra-relogistas.

Leia a notícia completa na edição em papel.