Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Incêndio na zona do terminal químico mobilizou quase 30 bombeiros


Diana Cohen sábado, 10 fevereiro 2018
Numa madrugada fria de Inverno e em que até chovia, um incêndio de dimensões consideráveis, na zona do terminal químico do Porto de Aveiro, deu bastante trabalho aos bombeiros, que estiveram no local até depois das oito horas. Tudo indica que o lançamento de um very-light que caiu sobre vegetação seca tenha estado na origem das chamas, que tiveram início pelas 4.50 horas e depressa alastraram, na zona de Caniços, na Gafanha da Nazaré. “Foi um incêndio rural, em mato, em acácias e, como o local está muito seco, ardeu bastante”, informou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo, Carlos Mouro, chamando a atenção para a importância de limpeza daqueles terrenos. O responsável diz que, nos últimos anos, já alertou por diversas vezes a Administração do Porto de Aveiro (APA) para o problema, mas sem efeito. “Já não é a primeira nem segunda vez que sensibilizo a APA para isso. Tenho consciência de que é um trabalho moroso, mas é preciso ter muito cuidado porque o perigo é grande”, disse Carlos Mouro, sublinhando que as instalações das empresas de combustível Prio e de formol Bresfor estão situadas “a 200 metros”.
Leia a notícia completa na edição em papel.