Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“Um dos objectivos para 2022 é chegar a número 1 do mundo”


quinta, 14 outubro 2021

Diário de Coimbra Como é que iniciou a sua ligação ao golfe?
Hugo Espírito Santo Comecei no golfe através de um pri­mo meu, o Vítor, e de um amigo, o Vladimir, que me convidaram para ir experimentar golfe na Quinta das Lágrimas. Tínhamos uns 23/24 anos. Fomos, como costuma dizer-se, bater umas bolas, começámos a dar umas voltas no campo e comecei a gostar. Curiosamente, o meu primeiro clube nem foi a Quinta das Lágrimas. Comecei no Clube de Golfe da Figueira da Foz depois estive no Clube de Golfe do Centro e só depois sim vim para a Quinta das Lágrimas, clube do qual sou hoje sócio honorário. Também há a curiosidade que tanto o meu primo como o meu amigo não deram seguimento à carreira no golfe. Eu passei a ir todos os fins-de-semana ao Montebelo, em Viseu, jogar golfe tradicional e fiquei “viciado”.

Leia a notícia completa na edição em papel.