Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Postais cantados são o cartão-de-visita dos Senza


Adérito Esteves (foto Jon Lino) terça, 28 junho 2016
Na “Praia da Independência” o vai e vem do mar não é o único movimento de ida e regresso. Todo o horizonte é pre­enchido por viagens. É a partida para “sítios, personagens e experiências” que vieram lá do outro lado do mundo, misturada com o conforto da chegada ser brindada por sonoridades tão lusófonas. É acelerar numa ida à terra do sol nascente, caminhando numa “rua encantada, sem pressa de na­da”. “É de ficar barata tonta”, como escutamos em “Khao San”. Nascidos numa viagem pela Ásia, os Senza levam quem os escuta numa romaria sem destino definido, mas com a certeza de aportar, invariavelmen­te, na sua “Praia da Independên­cia”, o álbum com que se apresentam ao público. Em cada uma das suas 11 faixas, a dupla que se conheceu em Aveiro apresenta postais cantados. Foi isso que trouxeram da viagem que lhes mudou a vida.
Leia a notícia completa na edição em papel.