Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Governo proíbe alimentos nas escolas mas é necessário fazer mais


Texto: Patrícia Gonçalves / Foto: LFC, Aquivo sexta, 20 agosto 2021

Casa, cafés e supermercados são alternativas à lista de produtos proibidos nas escolas. Alunos, nutricionista e autarquia leiriense aplaudem a medida, mas pedem mais apostas educativas na área da alimentação.


Bolos, croissants, hambúrgueres, pizzas, sandes com presunto, pastéis de bacalhau, batas fritas, gelados, bolachas, pastilhas elásticas, sobremesas doces, rebuçados, molhos e sumos com açúcar adicionado são alguns dos produtos que vão ser proibidos nas escolas.
A limitação de “venda de produtos prejudiciais à saúde” foi publicada em Diário da República esta semana e tem que ser implementada até ao final de Setembro.

Leia a notícia completa na edição em papel.