Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Municípios da Região de Aveiro criticam “reduzido investimento” na Saúde


terça, 02 março 2021

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) aprovou, ontem, o seu parecer na consulta pública do Plano de Recuperação e Resiliência de Portugal (PRR), no qual critica o reduzido investimento na Saúde.
Lembrando que o PRR “nasce de uma crise social e económica que tem origem num problema sanitário”, a CIRA lamenta que o documento não tenha “uma área de investimento nos cuidados de saúde secundários ou hospitalares, com excepção para 196 milhões de euros para equipamentos dos hospitais de Lisboa, Sintra e Seixal”. “A saúde, que assume a Componente 1 do PRR, tem apenas 9,8% da dotação financeira do PRR e 24% da dotação do pilar da resiliência, o que é manifestamente insuficiente e incoerente com a situação que vivemos”, critica a CIRA.
Os municípios da CIRA consideram que o PRR “padece de um grave deficit de participação do país na sua elaboração e na consideração de propostas apresentadas por diversas entidades”, sublinhando que, das oito propostas concertadas e aprovadas pelo Conselho Regional de investimentos considerados estruturantes (e cinco deles na área da saúde), nenhuma foi acolhida no PRR, nomeadamente a ampliação (com Centro Académico Clínico) do Hospital de Aveiro no âmbito do Centro Hospitalar do Baixo Vouga, a primeira prioridade na Região de Aveiro”.

Leia a notícia completa na edição em papel.