Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Mais de 60 polícias pré-aposentados regressaram ao activo para ajudar na fiscalização


quinta, 11 fevereiro 2021

O director nacional da PSP, Magina da Silva, anunciou hoje que mais de 60 polícias pré-aposentados regressaram ao activo em todo o país para ajudar na fiscalização das regras e cumprimento das restrições da pandemia de covid-19.
A direcção nacional emitiu um pré-aviso a mobilizar os polícias que não se encontram no activo para regressarem. Os que se voluntariaram e demonstraram essa disponibilidade encontram-se já a trabalhar no terreno, integrando as equipas de fiscalização da PSP.
O director nacional falava em Bragança, onde se reuniu hoje com os 18 polícias que responderam ao desafio, no comando distrital do país com “um número significativo de polícias que aderiram voluntariamente”, como notou.
Os mais de 60 polícias que se voluntariaram e regressaram à efectividade e ao serviço operacional estão a fazer “exclusivamente trabalho operacional de rua”, com “os mesmos direitos e deveres que os polícias que estão na situação de activo”, de acordo com o director nacional.
Magina da Silva explicou que a possibilidade de chamar profissionais pré-aposentados já tinha sido colocada no início da pandemia, em Março de 2020.
No momento actual, “com o agravar da pandemia, que também afectou muitos polícias e continua a afectar”, a direcção nacional entendeu que se justifica mobilizar os polícias que se encontram em situação de pré-aposentação e cujo número global o director nacional não sabe quantificar.