Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Porque é que há uns pinheiros que resistem ao nemátodo e outros não?


domingo, 06 dezembro 2020

Investigadores de Portugal, Espanha, Estados Unidos e Reino Unido estão a desenvolver um estudo para descobrir a razão pela qual umas espécies de pinheiro resistem à doença provocada pelo nemátodo da madeira do pinheiro e outras não.
A existência de «espécies de pinheiro que resistem e de outras que cedem à doença» provocada pelo nemátodo da madeira do pinheiro (NMP) foi «o ponto de partida para um estudo internacional», que acaba de obter 240 mil euros de financiamento da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Liderado por investigadores da Universidade de Coimbra (UC), o projecto, denominado PineWALL, conta também com a participação de especialistas das universidades do Porto, de Gales (Reino Unido) e da Geórgia (Estados Unidos da América), e do Centro de Investigação Florestal de Lourizán (Espanha).

Leia a notícia completa na edição em papel.