Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Entre o “delivery” e as portas fechadas a hotelaria vareira tenta sobreviver


Texto Luís Ventura/Foto Paulo Ramos quinta, 12 novembro 2020

Ainda mal refeitos do cordão sanitário que fechou o concelho em Março e Abril, os restaurantes e bares do concelho de Ovar vêem-se de novo “castigados” com a proibição circulação na via pública, diariamente, entre as 23 e as 5 horas, e aos sábados e domingos entre as 13 e as 5 horas.
Os restaurantes que sobreviveram ao único cerco do território continental estão de novo a reinventar-se e a adaptar-se à nova realidade que os espera ao fim-de-semana. Entre eles está Jorge Silva, proprietário de um dos restaurantes mais antigos de Ovar, O Bosque, que já tinha apostado no “take-away” e agora prepara-se para fazer entregas em casa, o chamado “delivery”. “Já adquiri um sistema para manter a comida quente até chegar a casa das pessoas e vou começar a entregar no centro da cidade e na Praia do Furadouro”, adianta.

Leia a notícia completa na edição em papel.