Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

No tempo em que as mulheres eram acusadas de bruxaria


Texto Luís Ventura/Foto Paulo Ramos sexta, 30 outubro 2020

O terceiro volume da “Monografia da Murtosa”, numa edição da autarquia e autoria de Marco Pereira, foi ontem apresentado no âmbito das comemorações dos 94 anos da do concelho. Na sessão, que decorreu na Oficina das Artes, Murtosa, antiga Escola de Pardelhas-Monte, o autor explicou os dois temas focados: a “História Eclesiástica” e a “Administração Pública”. Na “História Eclesiástica” trata-se, entre outros assuntos, da demografia eclesiástica (estatísticas), criação das paróquias do concelho da Murtosa, residências paroquiais e salões paroquiais, Lei da Separação de 1911, associações, listas de bispos, párocos e sacerdotes naturais do concelho e um tema que suscitou muita atenção da sala repleta de alunos do 12.º ano da escola secundária local: “O Tribunal do Santo Ofício (Inquisição)”.

Leia a notícia completa na edição em papel.