Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Piloto que morreu em queda de ‘Canadair’ morava em Leiria


Foto: Arménio Belo/Lusa segunda, 10 agosto 2020

Foi com choque e consternação que o Aeroclube de Leiria soube da notícia da morte de Jorge Jardim, um dos pilotos do avião ‘Canadair’ que caiu no sábado de manhã, na zona do Lindoso, Ponte da Barca, quando combatia um incêndio no Gerês.
Jorge Jardim, de 65 anos, natural de Moçambique, residia há mais de quatro décadas em Leiria, e estava contratado pela empresa Ocean Sky para pilotar aviões de combate a incêndios. No sábado, era um dos meios operacionais no terreno a combater o fogo que ainda lavra no Gerês.
O avião anfíbio pesado (Canadair CL215), do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais, do Centro de Meios Aéreos de Castelo Branco, despenhou-se cerca das 11h20 de sábado, numa área do território espanhol, junto à Barragem do Alto do Lindoso, na sequência de uma operação de ‘scooping’ (reabastecimento de depósito de água), apurou a Lusa junto da Protecção Civil.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados