Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Gafanha quer fazer história em Cantanhede


Redacção (texto)/GDG Basquetebol (foto) sábado, 21 maio 2016

O Grupo Desportivo da Gafanha joga esta tarde, 16 horas, em Cantanhede, a final da 1.ª Divisão Feminina, frente ao Académico do Porto. Depois de garantida a subida à Liga Feminina, a equipa orientada por Joana Vieira procura um feito inédito na história do clube da Gafanha da Nazaré. Depois de, em 2001/2002, ter sido vice-campeão nacional e ter chegado à Liga Feminina, nova página na história foi escrita pelo conjunto de Ílhavo. Uma temporada que nem começou da melhor maneira, com seis derrotas em sete jogos, culmina agora uma temporada que, já superando todas as expectativas, pode ser de ouro, com a conquista do título nacional.

Joana Vieira é a treinadora que conduziu o clube a este momento e, em declarações ao “site” da FPB diz que “uma final é sempre um jogo com muitas particularidades: ansiedade, nervosismo, pressão dos adeptos…por mais experiência que se tenha há sempre a consciência de que, numa final não há margem para errar”, acrescentando que “ninguém se pode sentir favorito. A probabilidade mais correcta de uma final é a de 50% para cada lado”. Sobre o jogo desta tarde, Joana Vieira destaca a experiência do Académico, com “atletas que fizeram parte da selecção nacional sénior, do CAR, e algumas que jogaram recentemente na Liga. É uma equipa que defende bem, muito agressiva, pressionante. Vai ser um excelente desafio”.

Leia a notícia completa na edição em papel.