Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Colisão entre Alfa Pendular e máquina ferroviária provoca dois mortos


segunda, 03 agosto 2020

A colisão entre um comboio Alfa Pendular e um Veículo de Conservação de Catenária (VCC), da Infraestruturas de Portugal (IP), junto à localidade de Matas, no concelho de Soure, Coimbra, provocou, na sexta-feira, dois mortos e sete feridos graves, além de 43 feridos considerados ligeiros.
O alerta para o acidente, que ocorreu na Linha do Norte, foi dado às 15h30, com as vítimas mortais a serem os dois únicos ocupantes da máquina de trabalhos ferroviários. De referir que o Alfa Pendular, com 212 passageiros a bordo, tinha saído às 14h00 da estação de Santa Apolónia, em Lisboa, com destino a Braga.
As duas vítimas mortais eram funcionários da Infraestruturas de Portugal e residiam no distrito de Viseu. Trabalhavam, mais concretamente, numa unidade que a IP tem em Nelas. Carlos Santos, de 56 anos, morava em Contenças de Cima, Mangualde. Era casado e tinha duas filhas. Fernando Pires é a outra vítima mortal. Tinha 57 anos e residia em Vasconha, Queirã, no concelho de Vouzela. “A empresa apresenta as condolências às famílias dos trabalhadores que esta tarde perderam a vida em sequência deste acidente”, lia-se na sexta-feira no site da Infraestruturas de Portugal. Os funerais ainda não têm data marcada, devendo acontecer durante esta semana.

Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados