Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Tribunal condena homem a 25 anos por homicídio qualificado


Foto: Arquivo segunda, 20 julho 2020

O Tribunal de Leiria condenou um homem de 33 anos à pena máxima de 25 anos de prisão pelo crime de homicídio qualificado sobre o alegado amante do namorado.
O colectivo de juízes entendeu que a acusação ficou provada, considerando que o arguido “agiu com crueldade e com prazer de causar sofrimento”, referiu o juiz presidente na leitura do acórdão.
Além de ter sido condenado a uma pena de prisão de 25 anos, o tribunal também concordou com o pedido de indemnização cível a atribuir aos pais da vítima, no valor de 254.800 euros.
O juiz presidente lembrou ainda que a actuação do arguido é de “alta censurabilidade”, até porque “sorrateiramente engendrou um encontro”, fazendo-se passar pelo seu namorado, que estaria a ter uma relação com a vítima.

Leia a notícia completa na edição em papel.