Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Revelados finalistas das ‘7 Maravilhas da Cultura Popular’


terça, 09 junho 2020

Foram revelados, no passado sábado, os finalistas regionais de cada distrito do país ao concurso “7 Maravilhas da Cultura Popular”.
No distrito de Viseu, seis concelhos estarão representados entre os 140 finalistas de todo o país. Estão nessa lista a Feira de São Mateus e as Cavalhadas de Vildemoinhos, de Viseu, a Última Rota da Transumância, de Castro Daire, os Bordados de Tibaldinhos, de Mangualde, o Canto a 3 Vozes de Manhouce, de São Pedro do Sul, as Festas em Honra de Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego, e a Louça Preta de Molelos, de Tondela.
Depois de a organização ter recebido 504 candidaturas ao seu concurso de 2020, dedicado à Cultura Popular, o painel de especialistas, composto por 7 elementos de cada um dos 18 distritos e 2 regiões autónomas, elegeu 7 patrimónios de cada região, num total de 140 finalistas regionais, que participarão nas respectivas eliminatórias regionais, em antena a partir do dia 6 de Julho na RTP1 e RTP Internacional.
 As 20 finais regionais correspondem a 20 programas em directo, a transmitir no mês de Julho, a partir dos municípios mais pequenos que estiverem a concurso, onde serão directamente apurados os 20 vencedores, através do maior número de votos populares.
Segue-se um programa de repescagem, a realizar no dia 16 de Agosto, onde o voto popular decidirá quais os 8 finalistas repescados, a partir dos 20 segundos classificados nas finais regionais.
Estes 28 semifinalistas serão distribuídos por critérios de proximidade geográfica, em duas semifinais, que irão apurar os 14 finalistas, a realizar nos dias 23 e 30 de Agosto. A 5 de Setembro será efectuada a Declaração Oficial das 7 Maravilhas da Cultura Popular, no prime-time da RTP.

“Projecto permite conhecer
mais a fundo o nosso país”
“Para além da apresentação das próximas fases do concurso e da magnífica lista de 140 finalistas regionais, temos vindo a trabalhar numa ideia que permite aos portugueses conhecerem mais a fundo o nosso país, que como se sabe, faz-se de inesgotáveis maravilhas. Este é o momento indicado para lançarmos o País das Maravilhas, esperando que todos os vencedores e participantes nas 7 Maravilhas desde 2007 possam beneficiar de uma promoção acrescida das suas maravilhas e dos seus territórios, levando mais gente a todos os cantos de Portugal”, palavras de Luís Segadães, presidente das 7 Maravilhas.
Segundo José Fragoso, director da RTP1 e RTP Internacional, “a RTP1 volta a associar-se às 7 Maravilhas para uma nova viagem televisiva pelo país, pela autenticidade das pessoas e pela inesgotável diversidade cultural de cada região. No ano passado, com a competição centrada nos Doces de Portugal, conseguimos uma mobilização nacional popular excepcional. Este ano, a ambição é repetir o envolvimento dos portugueses em volta de elementos centrais da nossa identidade colectiva. É uma operação anual da RTP1 que envolve meios humanos e técnicos consideráveis, justificada pela oportunidade e pela enorme importância de revelar eventos e tradições, descobrir narrativas ou divulgar actividades singulares que fazem a diferença, de norte a sul, do mar à fronteira, da Madeira aos Açores”.