Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

2.ª Divisão Nacional de Andebol vai passar a disputar-se em três zonas


Redacção (texto)/D.R. (foto) terça, 03 maio 2016

A esmagadora maioria dos clubes que participam no Campeonato Nacional da 2.ª Divisão solicitou à Federação de Andebol de Portugal a alteração do modelo competitivo da prova, que na próxima época vai ser disputada em três zonas, cada uma composta por dez equipas. Esta mudança poderá ser benéfica, em primeiro lugar, para a equipa do Ílhavo Andebol Clube (na foto), que, tendo ficado em último lugar na primeira fase da Zona Sul - em situação normal desceria de divisão -, vai disputar uma liguilha com o terceiro classificado da Zona Sul da 3.ª Divisão Nacional.

Por outro lado, e uma vez que da 3.ª Divisão Nacional sobem automaticamente as duas primeiras equipas de cada zona, o terceiro e o quarto classificados vão então disputar um possível acesso ao campeonato secundário. A competir na Zona 1 da segunda fase estão Beira-Mar, Monte e Sp. Espinho, que, quando ainda faltam cinco jornadas, podem alcançar, na pior das hipóteses, uma dessas posições para disputar a liguilha e juntarem-se a Estarreja, S. Bernardo, S. Paio de Oleiros e Sanjoanense, equipas já com lugar garantido na 2.ª Divisão da próxima época.

Leia a notícia completa na edição em papel.