Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Aveiro “é uma área de grande exigência”, diz comandante da GNR


RC. Foto: Eduardo Pina segunda, 11 novembro 2019

A criminalidade registada pela GNR no distrito de Aveiro subiu este ano, até 31 de Outubro, em comparação com o mesmo período do ano passado. Na cerimónia militar em que foi assinalado o 11.º aniversário do Comando Territorial de Aveiro, que decorreu na manhã de ontem em Águeda, o comandante Maximiano Vaz Alves deu conta de um total de 11.751 crimes nos primeiros dez meses de 2019, contra os 9.728 crimes reportados no ano anterior. Também subiram os números da criminalidade violenta - 206 crimes e 2.892 detenções – da violência doméstica – 1.338 autos de denúncia e 28 agressores detidos. Na sinistralidade rodoviária a realidade também não é animadora uma vez que os indicadores também sofreram um agravamento face ao último ano: 6.630 acidentes de viação, 24 mortos e 103 feridos graves.

Leia a notícia completa na edição em papel.