Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Cheiro a “baganha” tem os dias contados no Luso


Friday, 22 April 2016
Ao fim de mais de uma década de luta, por parte da Câmara da Mealhada e dos munícipes do concelho, principalmente os da freguesia do Luso, o problema dos maus cheiros e fumo intenso, está com os dias contados. Tudo porque o Tribunal Administrativo e Fiscal de Aveiro ordenou o encerramento, parcial, da fábrica Alcides Branco & C.ª S.A., de óleos alimentares (especialmente de azeite), situada na Lameira de Santa Eufémia, nas proximidades da vila do Luso. E será já a partir da próxima semana, concretamente no dia 26, que a decisão «entrará» em vigor. O aviso foi dado diversas vezes, mas se havia semanas em que nem sinal da laboração da fábrica, noutras o «odor a baganha» e o fumo intenso tornavam a vida da população do Luso «um sofrimento». Muitas vezes o cheiro até se sentia na Mealhada.
Leia a notícia completa na edição em papel.