Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Mais de 100 operacionais continuavam a patrulhar Válega e S. João de Ovar


domingo, 15 setembro 2019

Um dispositivo com 120 operacionais e 34 viaturas mantinha-se, ontem, à tarde, nas freguesias de Válega e de S. João de Ovar, no concelho de Ovar, em operações de rescaldo, para prevenir o reacendimento do incêndio que, deflagrado na passada quinta-feira, deu que fazer aos bombeiros, tendo até obrigado a cortes da A1.

“Mantemos o dispositivo em toda a área”, salientou o comandante João Mesquita, dos Bombeiros Voluntários de Ovar, ao Diário de Aveiro, assinalando que as chamas andaram por uma área que se aproxima dos 200 hectares.

Na sua pior fase, o sinistro foi combatido por três centenas de operacionais, que, além das viaturas, contaram com o apoio de dez meios aéreos. A aldeia de Bustelo, em Válega, chegou a ter casas ameaçadas, mas os bombeiros voluntários preservaram as habitações, que não chegaram a ser atingidas pelas chamas. 
Leia a notícia completa na edição em papel.