Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Regata de Moliceiros fortalece o espírito comunitário


Alberto Oliveira e Silva segunda, 05 agosto 2019

“Por gosto!”. João Vagueiro afadigava-se, no Cais do Bico, enquanto preparava o seu “Pequenito”, com o qual participou na Regata de Barcos Moliceiros, que, na tarde de ontem, se realizou na Murtosa.

Enquanto sonha com “a criação de uma Associação de Moliceiros” que preserve e divulgue as memórias da actividade e ajude quem, no presente, mantém vivo esse legado, deu conta que tripula aquele barco há quatro anos e que gosta de participar nos eventos/corridas que se vão fazendo na Ria de Aveiro. Uma forma de recordar e homenagear os mais de 50 anos passados nas lides do moliço.

Integrada num conjunto de eventos que decorre desde o passado dia 31 de Julho, prolongando-se até ao próximo sábado, e que visa fortalecer o espírito comunitário também pela homenagem aos filhos do concelho que labutam no estrangeiro, a Regata contou com 12 barcos moliceiros à partida. Seriam 13, mas um teve um percalço antes do soar da buzina, cortesia do vento.

“É um evento muito importante”, salientou Januário Cunha, vice-presidente da Câmara Municipal da Murtosa (CMM). Relevou a importância de se “valorizar” quer estas embarcações tradicionais, quer – disse – “os homens e mulheres que, com teimosia e tenacidade, as vão mantendo”. Fez notar que, das 15 com capacidade para velejar, 12 estão no município murtosense.

Leia a notícia completa na edição em papel.