Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Beira-Mar cumpre com a obrigação de ganhar no Furadouro


Jorge Maia Valente (texto)/Ricardo Carvalhal (foto) Monday, 18 April 2016

O Beira-Mar cumpriu com a missão de vencer o Furadouro num jogo antecipadamente previsto como de grau de dificuldade elevado. E o triunfo de ontem por 1-0, em jogo da 28.ª jornada do “Distrital” da II Divisão (Série B) justifica essas dificuldades que o Beira-Mar teve de ultrapassar, para se adaptar a um campo de jogo muito complicado e a um adversário que, apesar de bastante limitado, mostrou a entrega e disposição esperadas para lutar por cada centímetro de terreno.

Sem espaços para jogar, e sem condições para praticar um futebol apoiado, o Beira-Mar demorou a “entrar” numa partida que, não obstante ter assumido desde o início, poucas vezes mostrou capacidade para se adaptar. Futebol directo, com apoios e conquista de ressaltos ou “segundas” bolas, era o caminho mais indicado para atacar a baliza do Furadouro.

No segundo tempo, o Beira-Mar foi mais efectivo, procurando um jogo mais comprido nos corredores, tirando partido da entrada de Tiago Ressurreição, que conseguiu desbloquear alguns momentos. Num ressalto no meio-campo, Mark Vale conquistou espaço sobre a defesa forasteira e, à saída de Paulinho, atirou a contar para o golo que valeu três pontos.

Leia a notícia completa na edição em papel.