Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Doentes mentais graves podem ficar sem apoio


quarta, 13 abril 2016
A Fundação ADFP considera que está em risco, a partir do final do mês, o apoio domiciliário que a instituição presta a mais de uma centena de pessoas com doença mental grave, residentes nos municípios de Miranda do Corvo, Lousã, Coimbra, Vila Nova de Poiares, Condeixa e Penela, uma vez que o projecto ContinuaMente não tem continuidade assegurada. Segundo a instituição, o projecto, iniciado em 2008 e renovado em 2013, permite que as pessoas beneficiárias sejam apoiadas, em casa, por uma equipa multidisciplinar, constituída por uma psicóloga, um enfermeiro e um assistente social.
Leia a notícia completa na edição em papel.