Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Tribunal de Leiria condena acusados de homicídio a penas de 12 e 13 anos de prisão


foto: Arquivo terça, 30 abril 2019
O Tribunal de Leiria condenou ontem três pessoas a penas de prisão entre os 12 anos e os 13 anos e seis meses, pelos crimes de homicídio e ocultação de cadáver de um empresário de Caldas da Rainha.O colectivo de juiz aplicou a um dos arguidos uma pena de 12 anos e nove meses pelo crime de homicídio e 14 meses pelo crime de ocultação de cadáver. Em cúmulo jurídico, o homem foi condenado na pena única de 13 anos e seis meses.Relativamente à arguida, que tinha uma relação amorosa com a vítima, foi condenada a 12 anos pelo crime de homicídio, um ano pelo crime de ocultação de cadáver, um ano e seis meses por falsificação de documento e dois anos por falsidade de depoimento. Em cúmulo jurídico, o tribunal aplicou a pena de 13 anos e seis meses. A ex-companheira do arguido ficou com a pena única de 12 anos, que faz o cúmulo da condenação de 12 anos por homicídio e um ano por ocultação de cadáver.Segundo o juiz presidente, as declarações dos arguidos durante o julgamento “não mereceram credibilidade”.O magistrado recordou que não é credível que ao ter sido um acidente não tenham chamado o 112, nem tenham verificado os sinais vitais, tal como o arguido o afirmou.
Leia a notícia completa na edição em papel.