Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Politécnico de Leiria acredita que actividade económica gerada pode aumentar


foto: Arquivo sexta, 05 abril 2019
O Politécnico de Leiria acredita que a actividade económica gerada pela instituição na região, que se cifra em 129 milhões de euros, pode aumentar. "Esse impacto positivo sente-se em múltiplas áreas, nomeadamen­te na educação, inovação social, engenharia, gestão, saúde, turismo, economia do mar, nas artes e na cultura, e o que esperamos é que o valor suba", disse à agência Lusa o presidente do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), Rui Pedrosa, confrontado com os dados divulgados ontem no estudo ‘O impacto económico dos institutos superiores politécnicos em Portugal', do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP).Segundo o documento, a actividade económica gerada pe­lo IPL é de 129 milhões de euros, que se traduz num peso de 4,16% no Produto Interno Bru­to da região. Rui Pedrosa adiantou que este é um "valor muito relevante e revela inequivocamente a importância do Politécnico de Leiria na região como instituição de Ensino Superior público".
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados