Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Incêndio chegou “a atingir uma dimensão muito grande”


Alberto Oliveira e Silva + Lusa (Foto) quarta, 27 março 2019

O dispositivo de combate, integrado por corporações e meios de vários distritos, esforçou-se, durante a tarde de ontem, para dominar as duas frentes mais activas de um incêndio que, desde as 3.20 horas, lavrava nas freguesias de Palmaz e do Pinheiro da Bemposta, em Oliveira de Azeméis. Mas não foi possível evitar que as operações tivessem de prosseguir, em força, durante a noite.

“Se as condições de vento não piorarem muito, temos a expectativa de o dominar”, considerou Fernando Maciel, segundo-comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira de Azeméis.

Eram 18.45 horas e o operacional perspectivava que o combate ainda poderia prosseguir por, pelo menos, umas três horas. Caso, reafirmou, os ventos não se tornassem mais fortes. Projectou que, com o rescaldo e a consolidação, as operações durariam ainda “muitas mais horas”. 

Um pouco antes, Susana Mortágua, presidente da União de Freguesias do Pinheiro da Bemposta, Palmaz e Travanca, informava que, além do Curval, na freguesia pinheirense, as forças de combate ao fogo estavam também mais activas em Vilarinho de S. Luís e em Nespereira, em Palmaz, e todo o dispositivo se encontrava pronto para responder a possíveis situações de reacendimentos, face ao vento que começava a soprar forte.

Leia a notícia completa na edição em papel.