Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“Reabilitar”... a vida depois da doença de Alzheimer


terça, 26 março 2019
A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência (constitui entre 50 a 70% de todos os casos). É uma doença neurodegenerativa sem cura, que provoca deterioração global, progressiva e irreversível de diversas funções cognitivas, o que acaba por se reflectir no comportamento, na personalidade e na capacidade funcional da pessoa. Consciente de tudo isto, mas, ainda assim, certa de que muito pode ser feito para atrasar as perdas e melhorar a qualidade de vida do doente e da sua família, uma equipa de profissionais especializados nesta área criou a Reabilitar Alzheimer. Sediada em Coimbra, na Urbanização Quinta das Lágrimas, a associação acompanha actualmente 24 famílias e actua como parceira em sete instituições. A intervenção personalizada, o acompanhamento próximo e a disponibilidade (por vezes 24 horas por dia) são a base de uma abordagem inovadora a nível nacional e com resultados de sucesso. «Potenciar a reserva cognitiva, a parte neuronal não afectada de cada utente, aproveitando a neuroplasticidade das redes neuronais» é o que pretendem fazer os técnicos da Reabilitar Alzheimer. Com intervenções e intensidade de tratamento a serem definidos caso a caso, procuram «promover um maior número de conexões entre os neurónios que não tenham comprometimento cognitivo, de forma a suprimir os que estão afectados», referem.
Leia a notícia completa na edição em papel.

Diários Associados