Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Leiriense em Maputo aponta para décadas de recuperação


foto: DR Tuesday, 26 March 2019
Foi através da comunicação social que o leiriense Fernando Marques se apercebeu da gravidade do que tinha acontecido na noite do passado dia 14, em Moçambique. A passagem do ciclone Idai não foi sentida por este leiriense, que há seis anos e meio trabalha em Matola, uma cidade da capital da província de Maputo.“Aqui em Maputo não nos apercebemos de nada. São ain­da 1.200 quilómetros de distância [da Beira], portanto, não nos apercebemos de nada. Foi só nas notícias na televisão, mas ninguém previa aquilo que acabou por acontecer”, contou ao nosso jornal. Segundo Fernando Marques, apenas no dia seguinte “é que começaram a dar as notícias, mas de um mo­do muito externo”.“Só passados três dias é que começaram a passar imagens mais realistas do que se tinha passado, porque no primeiro e segundo dia ainda estavam a filtrar muito a informação, co­mo é natural nestes países, portanto, não nos apercebemos da dimensão da catástrofe logo de imediato. A imprensa falava em trovoadas e cheias, mas nada assim por ai além que nos fizesse perceber daquilo que tinha acontecido efectivamente”, explicou.
Leia a notícia completa na edição em papel.