Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Ansiedade “tramou” Juniores do Beira-Mar


Jorge Maia Valente (texto)/Ricardo Carvalhal (foto) Monday, 11 March 2019

Beira-Mar foi derrotado, ontem, em casa, pelo Paços de Ferreira (1-3) em jogo da Fase de Manutenção (Zona Norte) do Campeonato Nacional da I Divisão de Juniores. A vitória dos pacenses é justificada perante um apático Beira-Mar especialmente no tempo inicial, que não segurou a entrada forte dos pacenses. A ansiedade foi o primeiro adversário do Beira-Mar. Passes errados, pouca ligação entre sectores e um Paços de Ferreira com capacidade para fluir jogo e marcar cedo, logo aos sete minutos, fruto do seu ascendente, condicionou a prestação “auri-negra”. A derrota complica as contas da manutenção do Beira-Mar, mas ainda há pontos suficientes para discutir esse objectivo.

O reatamento mostrou um Beira-Mar disposto a inverter a “sorte”, mas seria o Paços a criar duas situações, com Suleiman e Diogo Almeida, a última valendo o central Paulo a evitar o golo. Na resposta, Berna viu um cruzamento da esquerda não desfeito pela defesa pacense, e Brandão encostou para a igualdade que dava esperança ao Beira-Mar. O jogo entrou em toada de parada e resposta, mas com más definições em ambos os lados no terço final. Edgar, de livre, viu Rui Mota fazer boa defesa no período do tudo ou nada do Beira-Mar que, estendido em campo, permitiu transições rápidas aos pacenses, que acabariam por "selar" a vitória em Aveiro.

Leia a notícia completa na edição em papel.