Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“O amor não mata” mas é preciso perguntar “como posso ajudar-te”


domingo, 10 março 2019
Os números são demasiado violentos. Ninguém fica indiferente. Há rostos nos números. São pessoas. Pessoas que perderam a vida às mãos de gente que se revela. Cobarde, sem dúvida. Gente que humilha, que rebaixa, que bate, que mata. Não pode ser gente, mas é. É gente que despreza a vida, que não respeita o outro, que não se respeita a si próprio. São criminosos os que batem, os que insultam, os que matam. É hora de dizer basta. Aliás, há muito que devia ter chegado a hora. A hora de punir, severamente, quem maltrata. Seja homem, seja mulher. A violência não devia ter perdão. Nunca. Não há desculpa.
Leia a notícia completa na edição em papel.