Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Costureira aos 15 anos é mestre de Educação aos 60


sexta, 08 março 2019
Chama-se Estrela e é uma “mulher de armas”, daquelas que vai à luta e inspira outras. Ou outros. Aos 54 anos, corria o ano de 2010, decidiu tirar uma licenciatura e depois um mestrado, na Escola Superior de Educação de Coimbra, concluindo uma vida académica interrompida muito jovem para aprender costura. Mãe, empresária e professora, percebe-se que é uma pessoa acessível, de trato fácil, conversadora, qualidades que certamente facilitaram as etapas de vida profissional percorridas. E percebe-se que foram “a pulso”, diga-se, sem que a própria o tenha dito. Vamos então à história de Maria da Estrela Pimentel, nascida em Coimbra mas com vida feita em Formoselha, Montemor-o-Velho, des­de pequena e até aos dias de hoje. Por ali fez a escola primária, depois o 2.º ciclo, em Taveiro, antes de começar a aprender costura em Coimbra, tinha então uns 15 anos. «Fazia roupas para fora, gostava muito». E fez «muitos vestidos de noi­va». O seu também? «Não, vesti muitas, mas o meu foi no Tito Cunha [loja em Coimbra]», revelou, dando um pequeno salto no tempo, para chegar à vida profissional que levou “anos a fio”, precisamente em estabelecimentos comerciais de Coimbra. Deixou a costura e, já casada, começou a trabalhar como caixa, na loja Jorge Mendes, à Praça Velha. 
Leia a notícia completa na edição em papel.