Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Hotéis de Fátima contra taxa turística proposta pela Câmara de Ourém


foto: Arquivo sexta, 30 novembro 2018
A Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) e os hoteleiros de Fátima estão contra a aplicação de uma taxa turística pela Câmara de Ourém.Assim, os hoteleiros, “totalmente surpreendidos com a iniciativa da Câmara de Ourém unem-se em repúdio à criação de uma taxa municipal de ocupação turística”, de acordo com uma nota de imprensa.Para a AHP esta medida está “desajustada à realidade de Fátima” e irá prejudicar “fortemente os hoteleiros locais, relativamente aos demais agentes económicos daquele destino”. A associação recorda que o destino Fátima/Templários é o que tem “mais baixa performance hoteleira do País”, sendo marcado por picos, por uma grande quantidade de oferta, pela “dependência da tour operação” e proximidade a outros destinos. A região recebeu um impulso com a visita do Papa Francisco, em 2017, mas a AHP chama a atenção para “a descida dos indicadores para 2018, resultando à data em performances similares a anos anteriores a 2017”, tendo a taxa de ocupação, até Setembro, caído 8,4 pontos percentuais, para 48% e o REVPAR (receita por quarto disponível) descido 10%, fixando-se em 29 euros. A média nacional é de 72% e 70 euros respectivamente, recorda a associação. 
Leia a notícia completa na edição em papel.