Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Eleições na AAC foram suspensas por suspeitas de irregularidades


quinta, 29 novembro 2018
A eleições para a Direcção-Geral (DG) e Mesa da Assembleia Magna da Associação Académica de Coimbra (AAC) foram suspensas por suspeitas de irregularidades. Ontem, à hora do fecho desta edição, decorria uma reunião do Conselho Fiscal (marcada para as 22h00) para decidir se há condições para prosseguir o processo eleitoral (com a abertura das urnas e contagem dos votos) ou se se terá de repetir todo o acto eleitoral no qual participaram cerca de nove mil estudantes (o maior número das cinco últimas eleições). A decisão foi confirmada logo na madrugada de ontem, não só pelo presidente da Comissão Eleitoral, Pedro Filipe, como pelos presidentes da Comissão Disciplinar, João Leão, e Conselho Fiscal, Jorge Graça, que falavam na existência de «fortes indícíos de fraude eleitoral». Ontem, ao final do dia, contactado pelo Diário de Coimbra, Pedro Filipe dizia que «não se pode falar de fraude» mas admitia terem existido «algumas irregularidades» no processo, confirmando que «a informação» existente nos documentos de cada uma das mesas de voto «não estava completa», não esclarecendo, no entanto, que informação estava em falta.
Leia a notícia completa na edição em papel.