Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“Canas 44” parte do mundo feminino para uma reflexão sobre o país


Sandra Simões (foto de Ricardo Carvalhal) quinta, 22 novembro 2018
Será uma peça de teatro, ou um espectáculo de dança? Na verdade, é o melhor dos dois mundos: o da dança, interpretado por Leonor Keil e o do teatro, levado à cena por Rafaela Santos. Duas mulheres, de 44 anos, a residirem em Canas de Senhorim, artistas, mães… cidadãs, e apresentam, sábado, às 21.30 horas, no Teatro Aveirense, o espectáculo “Canas 44”, numa exortação à reflexão “sobre o país em que vivemos e que país queremos para o futuro”. A Direcção artística foi entregue a Victor Hugo Pontes, um criador e coreógrafo que a companhia produtora do espectáculo, Amarelo Silvestre, conhece e muito admira, “especialmente pelo espírito inquietante da sua linguagem”, justificou Fernando Giestas, reconhecendo-lhe um “bom trabalho, e bem conhecido do público aveirense”.
Leia a notícia completa na edição em papel.