Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Posto de saúde de Maiorca é uma verdadeira “doença”


terça, 20 novembro 2018
Consultas agendadas que não acontecem, processos que desaparecem, exames que não são devolvidos e alegada coacção psicológica para se mudarem para o Centro de Saúde de Alhadas são algumas queixas da população de Maiorca, que persistem, apesar da garantia de que o posto de saúde não é para encerrar. Foram várias as dezenas de populares que ontem se “concentraram” no exterior do edifício, para darem conta das suas preocupações e ouvirem o que os deputados do PS eleitos pelo círculo de Coimbra tinham a dizer. Rosa Maria Vaz foi uma das muitas vozes que se fizeram ouvir. Diabética, a precisar de assistência médica, ao fim de seis meses sem conseguir uma consulta, entrou em coma, acabou no hospital. Augusta Oliveira também tem passado por diversas situações «inconcebíveis», tal como muitos outros maiorquenses que defenderam que o posto «funciona três dias por semana, mas muito mal. Marcam consulta, desmarcam, não atendem o telefone, mandam as pessoas para Alhadas sem ninguém saber», iam contando, recordando que a maioria da população «é de idade, tem pouco dinheiro, não há transportes e faz falta a todos».
Leia a notícia completa na edição em papel.