Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

IPL poderá ter que “bloquear aquisições de bens e serviços” se não receber dinheiro do Estado


Bruna João Santos / foto: Luís Filipe Coito quarta, 07 novembro 2018

O Instituto Politécnico de Leiria (IPL) poderá ter que “bloquear todas as aquisições de bens e serviços” até ao final do ano se não receber um reforço financeiro do Estado. O aviso foi deixado ontem pelo presidente do IPL na sessão solene de abertura do ano lectivo 2018/2019. Rui Pedrosa admitiu estar preocupado com o tópico orçamental, por faltarem ao IPL cerca de 600 mil euros de reforço via orçamento de Estado, e esclareceu que a falta de dinheiro advém apenas do “aumento das despesas decorrentes de alterações legislativas”.
O presidente da instituição – que já alertou o ministro com a 'pasta' da Educação sobre esta situação – afirmou ainda que o acordo de compromisso entre a tutela e os politécnicos “não está a ser cumprido”, pelo que os cerca de 130 projectos de investigação e desenvolvimento financiados por empresas e instituições ligados ao IPL poderão não ser executados caso o financiamento não chegue “urgentemente”. 

Leia a notícia completa na edição em papel.