Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Homicida de Quiaios apresentado ao TIC


quarta, 05 setembro 2018
José Figueiredo foi presente, ontem à tarde, ao Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Coimbra, para primeiro interrogatório judicial, mas as medidas de coacção só hoje serão conhecidas. Segundo apurámos, o detido, que matou a mulher, na passada terça-feira, a tiro de caçadeira, manteve-se sempre em silêncio. Um registo que, de resto, o acompanha desde a altura em que foi localizado, 17 horas depois do homicídio, na casa dos pais, em Quiaios. O suspeito, de 53 anos, foi, recorde-se, localizado pela GNR, depois das indicações dadas por um irmão, e entregue à Polícia Judiciária (PJ). Por entender que José Figueiredo se encontrava «descompensado», «sem saber o que fazia» e a carecer de tratamento e acompanhamento médico, os investigadores da PJ levaram o homem para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, onde esteve internado, na Unidade de Psiquiatria, ao abrigo da Lei de Saúde Mental.
Leia a notícia completa na edição em papel.