Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

António Marto: O novo cardeal português que quer "levar para a frente" a reforma da Igreja


foto: LFC/Arquivo quinta, 28 junho 2018

O bispo de Leiria-Fátima, que hoje vai ser criado cardeal, foi aluno de Bento XVI, que acolheu no Santuário de Fátima, onde também recebeu o Papa Francisco, que o escolheu para conselheiro e com quem conta para a reforma da Igreja. Natural de Tronco, concelho de Chaves, onde nasceu há 71 anos, António Marto não enveredou pela advocacia, como a mãe, professora, desejava, nem pela carreira militar, como esperava o pai, guarda-fiscal. O desejo de ser padre prevaleceu.
Quando, em Junho de 2006, tomou posse como bispo da Diocese de Leiria-Fátima, uma colega de escola confidenciou que ‘Toninho’, como era tratado pelos mais próximos, punha-se em cima de uma mesa e com uma bolacha ‘Maria’ nas mãos a fazer o sinal da cruz. Tinha então uns nove ou 10 anos.
Outra colega recordou nesta mesma ocasião que António Marto vestia um saiote branco da avó e imitava a homília como se estivesse a pregar.
Aos 10 anos, António Marto entrou no Seminário de Vila Real, tendo depois ingressado no do Porto. Foi ordenado sacerdote em 1971, em Roma, para onde tinha ido estudar na Pontifícia Universidade Gregoriana, e um ano depois começou a investigação para o doutoramento como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, período durante o qual se cruzou com o cardeal Joseph Ratzinger, eleito papa em 2005 e hoje papa emérito.

Leia a notícia completa na edição em papel.