Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Diretor: 
Adriano Callé Lucas

Condutor absolvido de morte por afogamento


Sábado, 12 de Março de 2016
O homem que seguia ao volante de uma viatura que, há cerca de um ano, caiu à Ria de Aveiro, em S. Jacinto, o que resultou na morte do seu amigo, foi absolvido do crime de homicídio por negligência de que era acusado, no Tribunal de Aveiro. Supostamente, o arguido, de 64 anos, teria admitido ao agente que fez a participação do acidente que adormeceu enquanto conduzia, mas esse elemento não foi tido em consideração, uma vez que não era mencionado na acusação do Ministério Público (MP). Durante o julgamento, o automobilista negou ter havido qualquer falta de precaução ou descuido da sua parte, afirmando que “não estava cansado e estava bem disposto”. “Disse apenas que, inexplicavelmente, perdeu o controlo da viatura, a direcção fugiu-lhe e, quando deu conta, estava na ria”, lê-se na sentença, que não dá como provado que o acidente se deveu a falha do condutor ou do veículo. O sinistro aconteceu pelas 14.30 horas de dia 22 de Março do ano passado, durante um passeio dos dois amigos da zona de Cortegaça, Ovar.
Leia a notícia completa na edição em papel.

Suplementos