Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

Francisco Gomes Machado destaca “o verde” na sua exposição


Alberto Oliveira e Silva terça, 29 maio 2018
A Exposição de Escultura, Pintura e Desenho, de Francisco Gomes Machado, artista natural de Biteiros, em Guimarães, instalou-se em Lourosa para a recente 4.ª edição do “InCultura”, ciclo cultural anual organizado pela Junta de Freguesia desta cidade do município de Santa Maria da Feira. Era para ter sido encerrada no passado fim-de-semana, mas poderá ser visitada, na Casa da Cultura local, até ao próximo domingo. Em entrevista ao Diário de Aveiro, Francisco Gomes Machado deu-nos conta de uma sensibilidade artística que tem muito a ver com as suas memórias de infância, quando corria livre pelos campos minhotos. “Estou muito fixado no verde”, sublinhou, destacando uma cor e um imaginário bem presentes nos seus quadros. “Respeitar o passado” é pedra de toque da sua filosofia de vida e de arte. “É muito importante olhar para trás, que é onde estão as nossas raízes e os nossos valores”, vincou este criador, que hoje vive em Braga, onde lecciona Arte numa escola desta Cidade dos Arcebispos. A sua pintura reflecte um universo campestre, de aldeias com pessoas de idade que construíram a vida a pulso. O artista quer “incrustar no presente” as vivências do passado, criando obras de arte que passem “mensagens positivas para as novas gerações”. Os “Rostos” de granito em exposição na Casa da Cultura de Lourosa reflectem “o passar do tempo” e são uma homenagem às “pessoas carismáticas” com quem Francisco Gomes Machado tem convivido.
Leia a notícia completa na edição em papel.