Jornal defensor da valorização de Aveiro e da Região das Beiras
Fundador: 
Adriano Lucas (1925-2011)
Director: 
Adriano Callé Lucas

“Festival do encontro” decorre até domingo


Alberto Oliveira e Silva terça, 10 abril 2018
Regressou ao auditório da Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira “o festival do encontro”: até domingo, a 21.ª edição do Festival de Cinema Lu­so-Brasileiro, organizado pelo Cine-Clube da Feira, com o apoio da Câmara Municipal, renova o diálogo entre as cinematografias portuguesas e brasileiras. No programa competitivo, sete filmes disputarão a vitória no “campeonato” das longas-metragens, sendo de realçar que seis delas reafirmam a aposta do certame no cinema emergente. A competição de curtas é disputada por 24 filmes, com consagrados e novatos a disputarem o lugar cimeiro. Américo Santos, director do Festival de Cinema Luso-Brasileiro, acentuou a importância da “informalidade” que continuará a marcar esta realização. “Aqui não há passadeiras vermelhas” vincou acentuando a importância de colocar “em contacto directo” os realizadores presentes e o público. Sublinhou que a edição deste ano “é dominada por quatro nomes”. Começou por destacar a homenagem ao realizador brasileiro Rogério Sganzerla, com a apresentação, pelas 19.30 horas de sábado, do filme “O Bandido da Luz Vermelha”. Destacou, ainda, Filipe Barbosa, o “Realizador em Foco”, que “terá um hat-trick em Santa Maria da Feira”: na sexta-feira, às 18.30 horas, será exibido “Laura” e, no domingo, serão apresentados “Casa Grande”, às 16 horas, e “Gabriel e a Montanha”, a partir das 21.30, no encerramento do Festival de Cinema de Santa Maria da Feira.
Leia a notícia completa na edição em papel.